Fora da disputa da fase final da Taça Guanabara – o primeiro turno do Campeonato Carioca -, o Botafogo está concentrado na disputa das outras duas competições que tem neste início de temporada: Copa do Brasil e Copa Sul-Americana. Na última quarta-feira, avançou à segunda fase do torneio nacional ao derrotar o Campinense por 2 a 0, em Campina Grande (PB), e o resultado, de acordo com o elenco, dá confiança para a partida de volta da primeira fase da competição continental contra o Defensa y Justicia, na Argentina, na próxima semana.

“Classificação de extrema importância para a equipe ganhar confiança antes de um jogo também decisivo pela Sul-Americana. A equipe está aprimorando e entendendo o que o (técnico) Zé Ricardo quer para que a gente tenha um ano com grandes conquistas”, declarou o atacante Rodrigo Pimpão nesta quinta-feira.

O zagueiro Gabriel seguiu o discurso do seu companheiro e prometeu empenho na Argentina. “Com certeza, essas três vitórias dão uma confiança ainda maior. Naquele momento, a gente estava um pouco pressionado, jogando contra uma equipe de imensa qualidade, um dos líderes do Argentino. Mas a gente vai trabalhar essa semana para ir lá e conseguir essa classificação”, disse o defensor.

Com Gabriel e o argentino Joel Carli, em três partidas a zaga do Botafogo ainda não foi vazada na temporada. “Muito boa (parceria). Carli é um zagueiro que dispensa comentários. É um líder, um exemplo dentro e fora de campo. Com a parceria dando certo, fico muito feliz. Vamos continuar pegando uma sequência boa para fazer um grande ano no Botafogo”, comentou o zagueiro emprestado pelo Atlético-MG.

Com exceção de Leo Valencia e Cícero, que treinaram no estádio do Engenhão, o restante do elenco teve a quinta-feira de folga depois da volta da viagem à Paraíba. O grupo se reapresentará nesta sexta, às 17 horas.

EVOLUÇÃO

Após a vitória na quarta-feira, o técnico Zé Ricardo exaltou a evolução exibida pela sua equipe. “Depois de um início ruim, a gente reconhece que as coisas estão evoluindo. Mas hoje ainda pecamos, principalmente no primeiro tempo, onde demos muitos contra-ataques para a equipe do Campinense. Depois, fizemos o nosso primeiro gol. No segundo tempo, a gente cobrou de valorizar mais a posse. O segundo gol acabou dando tranquilidade e a oportunidade para o João Paulo (que entrou no segundo tempo) readquirir a forma física. Certamente será um jogador importante para nós na temporada”, afirmou o treinador.

Zé Ricardo se mostrou também aliviado com a classificação para a segunda fase, lembrando a queda, no ano passado, do Botafogo diante do Aparecidense, na estreia da Copa do Brasil. “Importância grande. A gente precisava classificar hoje. Depois, vamos dizer, do trauma do ano passado, a gente precisava passar dessa primeira fase. A Copa do Brasil é uma competição em que todos os times têm grande ambição, e o Botafogo não é diferente. Então o pensamento grande na competição, tanto na de hoje quanto na da semana que vem (Sul-Americana). São importantes, e vencer no mata-mata dá moral e confiança para seguirmos o trabalho”, destacou.

Fonte: O Dia Online