A zaga alvinegra é bem representada pela dupla Carli e Gabriel, mas quando um ou outro não podem estar em campo, a missão de manter o nível é de Marcelo Benevenuto. E o jovem zagueiro alvinegro tem demonstrado um bom futebol. Promovido aos profissionais em 2017 após o título do Campeonato BRasileiro Sub-20, Marcelo teve seu melhor momento com a camisa alvinegra na Copa Libertadores e espera, com o mesmo espírito, retomar a boa sequência.

– Venho trabalhando sério durante a semana para quando o Carli ou o Gabriel estiverem ausentes eu possa manter o nível técnico. Os dois juntos formam uma bela dupla, estão bem e até brinco com eles para deixarem eu jogar também(risos). E quando tenho essa oportunidade tenho que corresponder. Posso melhorar a cada jogo, mas o ano de 2017 foi muito bom, joguei uma Libertadores, o que eu não esperava jogar tão cedo, e nesse ano é procurar repetir o nível – disse Marcelo.

Titular diante do Ceará, Marcelo atuou ao lado de Gabriel e foi um dos responsáveis por segurar o veloz ataque cearense. Mérito esse que Marcelo atribuiu ao comprometimento de toda a equipe.

– A gente vê e é importante manter a regularidade. Reconhecemos que não fomos bem nesse jogo com o Ceará, mas temos que destacar o nosso sistema defensivo, com todo mundo ajudando. Se não desse para fazer o gol a gente não podia tomar e foi o que aconteceu lá. Esperamos melhorar nesse próximo jogo contra o São Paulo – frisou.

O Botafogo volta a campo no próximo sábado, às 11h, no Estádio Nilton Santos, em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Glorioso ocupa a 10ª colocação com 27 pontos somados.

Fonte: Site oficial do Botafogo