Em maior jejum pós-drama, Rafael Marques defende artilharia

Compartilhe:

Rafael Marques chegou ao Botafogo em julho do ano passado e viveu um dos maiores pesadelos de sua vida. Ele passou em branco nos seus 20 primeiros jogos pelo clube. No entanto, em uma volta por cima daquelas, tornou-se peça fundamental em 2013 e já tem 17 gols marcados, cinco deles pela Copa do Brasil, o que lhe garante a artilharia da competição.

Nesta quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), contra o Flamengo, no Maracanã, Rafael Marques vai defender a sua artilharia na competição para encerrar o seu maior jejum depois do drama que viveu em 2012. Seu último gol aconteceu na vitória por 3 a 1 sobre o Coritiba, dia 5 de setembro. Já são cinco jogos em branco.

Contra o Flamengo, Rafael Marques já fez um gol. No primeiro turno do Campeonato Brasileiro deste ano, ele abriu o placar para o Botafogo no empate em 1 a 1, no Maracanã, recebendo passe de Seedorf em jogada ensaiada de cobrança de falta.

Seus maiores concorrentes na disputa pela artilharia da Copa do Brasil são Walter, do Goiás, Éderson, do Atlético-PR, e D’Alessandro, do Internacional, todos com quatro gols. Rodrigo Silva, do ABC-RN, que também tem cinco já está fora.

Na Copa do Brasil, Rafael Marques disputou sete jogos para fazer os cinco gols. Passou apenas duas vezes em branco, no empate em 0 a 0 com o Sobradinho-DF, em Gama-DF, e na derrota por 1 a 0 para o Figueirense, em Florianópolis, quando o Botafogo conquistou a vaga nas cobranças de pênalti.

Este ano, o histórico de Rafael Marques vem sendo positivo. No Carioca, marcou quatro gols, sendo um deles o do título na final contra o Fluminense e lembrando que ficou fora praticamente todo o primeiro turno, quando era considerado fora dos planos. No Brasileiro, tem oito gols, cinco a menos do que Éderson, líder da artilharia.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários