O Botafogo viaja a São Paulo neste fim de semana com um objetivo primordial: vencer o Palmeiras e, assim, conquistar três pontos fundamentais na briga pela vaga na Libertadores. Mas pode voltar ao Rio com outra conquista na mala: a renovação de Sidão. Dirigentes do Alvinegro pretendem aproveitar a oportunidade para se reunir com representantes do Audax-SP e acertar detalhes da permanência do goleiro.

Emprestado até dezembro, Sidão já tem um acordo verbal para seguir em General Severiano na próxima temporada. Agora, o clube tenta chegar a um valor que seja interessante para os paulistas.

A decisão de renovar o vínculo de Sidão já havia sido tomada, mas se tornou prioridade com o agravamento do problema de Jefferson. Ainda com dores no braço esquerdo — que foi operado em maio —, o capitão deverá passar por novo procedimento cirúrgico. Assim, é possível que o ídolo alvinegro continue fora de combate nos primeiros compromissos de 2017: o Campeonato Estadual e as fases iniciais da Copa Libertadores, caso a classificação se confirme.

O Botafogo ainda não se manifestou de forma oficial sobre o problema de Jefferson e só deverá fazê-lo a partir de segunda-feira: é quando o presidente Carlos Eduardo Pereira retorna de uma viagem ao exterior.

Na quarta-feira, depois da derrota por 2 a 0 para a Chapecoense, na Ilha, Sidão comentou a situação do antigo capitão alvinegro.

— Fiquei sabendo no vestiário. É triste, esperava que ele voltasse no ano que vem, começasse a pré-temporada trabalhando… — lamentou o atual dono da posição, que reconhece a chance: — É a oportunidade que eu tenho de continuar vestindo a camisa do Botafogo.

Contratado com urgência após a lesão de Jefferson, Sidão tem seu desempenho aprovado pela diretoria e torcida. Depois de perder pontos importantes no Brasileiro em decorrência das falhas de Helton Leite, o Botafogo encontrou a solução.

Fonte: Extra Online