Na noite desta quinta-feira, Botafogo e Flamengo se enfrentaram no estádio Nilton Santos e a vitória foi rubro-negra, por 1 a 0, com o gol de Lincoln, no fim do segundo tempo. Antes, durante e no fim da partida, foram registradas diversas agressões a torcedores fora e dentro do estádio. Na tarde desta sexta-feira, o Flamengo se posicionou contra as agressões e disse que “Vestir a camisa do clube que ama não pode ser sinônimo de medo, e sim de orgulho”, confira a nota.

“O Clube de Regatas do Flamengo repudia os atos de violência praticados na noite de ontem (07.11). É inadmissível a paixão do torcedor perder espaço para a intolerância desportiva, tanto dentro quanto fora dos estádios. Vestir a camisa do clube que ama não pode ser sinônimo de medo, e sim de orgulho. O Clube espera que as autoridades competentes identifiquem e punam os responsáveis pelas cenas de agressão, covardia e vandalismo.”

O Flamengo volta a campo neste domingo, quando recebe o Bahia pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Rádio Tupi