Os atacantes Brenner e Kieza marcaram o mesmo número de gols nesta temporada: dez. O desempenho dos atletas não agradou os dirigentes do Botafogo. O primeiro, emprestado pelo Internacional, deve ser devolvido ao time de Porto Alegre; já o segundo tem contrato até o final de 2019. Por este motivo, o Glorioso busca um camisa nove no mercado. O nome de Leandro Pereira, que pertence ao Club Brugge, da Bélgica, e que atuou este ano pela Chapecoense, foi especulado no Alvinegro.

No entanto, o empresário do atleta, Neto Genovez, em entrevista à Rádio Brasil, negou ter sido procurado por alguém do Clube da Estrela Solitária, mas não descartou a possibilidade do jogador atuar pelo Botafogo.

“Não fomos procurados por ninguém do Botafogo. Agora, qual atleta não gostaria de jogar em um clube da expressão mundial do Botafogo?”, declarou.

Temporada

Nos três primeiros meses deste ano, Leandro Pereira estava cedido por empréstimo ao Sport. Disputou sete partidas pelo time pernambucano, todas no Campeonato Estadual, e balançou as redes em duas oportunidades. No dia 2 de abril, rumou para a Chapecoense, clube em que já havia atuado em 2014. A mudança de equipe poderia ter acontecido em julho de 2017, mas o atleta rompeu os ligamentos do joelho direito na época, motivo que fez a transferência ser cancelada.

No Campeonato Brasileiro, o centroavante esteve em campo 34 vezes pelo clube de Santa Catarina e foi o artilheiro da equipe na competição, com 11 tentos anotados. Inclusive, um deles foi o gol da vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, na última rodada da competição, que garantiu a permanência da equipe catarinense na primeira divisão.

Além dos clubes citados, o atacante de 27 anos, revelado pela Ferroviária-SP, acumula passagens por: Mogi Mirim; Capivariano; Portuguesa; Palmeiras e Club Brugge (Bélgica).

Fonte: Esporte 24 Horas e Rádio Brasil