O Atlético acertou a volta do atacante Douglas Coutinho. O jogador, que tem contrato com Furacão até julho de 2018, estava emprestado para o Sporting Braga, de Portugal, mas sem sucesso. Por lá, fez somente duas partidas, sem marcar nenhum gol.

Antes, Coutinho havia acumulado um empréstimo para o Cruzeiro. O Atlético mantém 20% dos direitos econômicos do atleta, que pertencem também ao grupo Doyen Sports (65%) e Agility Soccer (15%).

“Deus é tão bom que me deu a chance de voltar para casa e ser feliz, não vou cansar de dizer isso tudo que tenho e sou é graças ao Atlético, a hora de retribuir é agora”, postou Coutinho nesta segunda-feira (30), em sua conta no Instagram, ao lado de uma imagem em que aparece nos braços da torcida atleticana na Baixada.

O empresário do atleta, Taciano Pimenta, confirma a volta ao Furacão e explica que a ideia do clube é de ter Coutinho na Libertadores. As chances dele atuar contra o Millonarios, da Colômbia, entretanto, são remotas. O jogo da segunda fase da Libertadores é nesta quarta-feira (1.º), na Baixada.

“O Atlético foi onde ele teve a melhor fase da carreira. A ideia do clube é contar com ele para a sequência da Libertadores. Hoje está completando exatamente 4 anos que ele estreou no profissional do Atlético”, relembra Pimenta. “O Coutinho está realizando exames médicos, se reapresentou hoje [segunda-feira]”, continua.
Técnico do Atlético pede que torcida “dê o exemplo” na estreia na Libertadores
Leia a matéria completa

O Furacão já confirmou o retorno do atacante. “Fui criado aqui e sou atleticano. Passa um filme na cabeça, aqui me sinto em casa”, declarou Coutinho ao site oficial do clube.

Revelado pelo Atlético, Coutinho foi vendido pelo clube em novembro de 2014 para o Doyen Sports, que adquiriu 65% dos direitos econômicos do jogador por cerca de R$ 14 milhões. Na época, o jogador chegou a ser especulado em clubes como Machester United, Porto e Atlético de Madri, mas acabou emprestado para o Cruzeiro.

Fonte: Gazeta do Povo