Em meio às dificuldades financeiras que o clube enfrenta fora de campo, união virou palavra de ordem no Botafogo neste início de Estadual. Seguindo à risca os mandamentos do técnico René Simões, o time adotou uma novidade. Antes do confronto desta quarta-feira, às 19h30m, frente ao Volta Redonda, no Estádio Raulino de Olivera, a equipe encerrou a atividade de terça no campo anexo do Engenhão com uma “reunião de reflexão” sobre o trabalho feito durante a semana.

Sem problemas para escalar o time — a tendência é que sejam os mesmo titulares da estreia contra o Boavista —, René inovou ao convocar os jogadores para uma roda no meio do gramado. Elenco e comissão técnica estiveram presentes e, juntos, por 20 minutos, conversaram sobre os trabalhos da semana. Ao fim, todos fizeram uma prece. A reunião acontece sempre após os treinos que antecedem os jogos.

Autor do gol da vitória na primeira rodada, o zagueiro Roger Carvalho disse que a novidade foi bem recebida pelo elenco alvinegro.

— É uma coisa nova. Ali é mais uma reflexão do que a gente atravessa durante a semana para o jogo. É sempre válido. Todos do elenco acataram — disse o jogador.

Até o estilo dos exercícios físicos mudou com a chegada de René. Com o preparador Marcello Campello em sua comissão, cambalhotas ganharam espaço.

— Eu nunca tinha feito, mas é uma nova metodologia que o Marcello vem implantando. Ele nos disse que nós ficamos mais acesos e ativos durante o jogo. Tudo tem um propósito — afirmou Roger Carvalho.

A única ausência para o segundo jogo temporada será Jóbson. O atacante acusou dores na coxa esquerda e foi vetado pelo Departamento Médico do clube.

Fonte: Extra Online