A experiência fez a diferença e o Bangu chegou à terceira vitória consecutiva nos pés de Almir. O camisa 10 marcou os três gols do triunfo por 3 a 0 em cima do Bonsucesso, neste domingo (14), no Estádio Luso Brasileiro, pelo Campeonato Carioca. Almir alcançou a artilharia do Estadual, com cinco gols marcados no geral (NOTA DA REDAÇÃO FN: o artilheiro, na verdade é Fred, com 6 gols. Almir vem em seguida), e o Alvirrubro chegou aos nove pontos no Grupo A. Já o Cesso, que voltou a perder, segue zerado na pontuação do Grupo B.

A partida foi favorável, no início, ao Bonsucesso. Aos oito minutos, Marcos Junior deixou Deivison na cara do gol e o camisa 10 correu por vinte metros, sozinho, mas na hora de chutar, quis cortar Anderson Penna e perdeu o gol. Logo depois, Matheus Pimenta entrou pela direita e driblou três, mas foi parado pelo goleiro Célio, que fez bela defesa à queima-roupa: nova chance perdida.

Como quem não faz, toma, o Bangu chegou ao primeiro gol aos 16 minutos. Guilherme cobrou escanteio da direita e Léo saiu mal do gol; ficou fácil para Almir cabecear, de peixinho, para abrir o marcador, na segunda trave. O Bangu seguiu melhor e quase fez o segundo gol, olímpico: Giovanni bateu escanteio e quase encobriu Léo.

O Bangu fez o jogo ficar a seu favor. Primeiro, por começar jogando a favor do vento – fator importante no Luso Brasileiro. Depois, por ter Almir em seu lado. Aos 28, Ives deu um belo lançamento para Almir, que ganhou de Aílton na velocidade e chutou cruzado, no canto direito de Léo, para aumentar: 2 a 0 Bangu. O Cesso até tentou reagir e teve uma boa chance com Matheus Pimenta, que recebeu de Rossales mas chutou em cima de Célio.

Cesso melhora, mas nada de marcar

No segundo tempo, o Bonsucesso voltou um pouco melhor. Com o Bangu administrando o resultado e com dificuldades para tocar a bola no ataque. Aos oito minutos, o Cesso chegou com Pimenta, que cruzou para Deivison. O camisa 10 cabeceou bonito, mas Célio fez ainda mais bela defesa, jogando para escanteio. Novo ataque rubro-anil só veio aos 24, quando Geovani cruzou na área e Guilherme cortou mal, fazendo a bola passar na boca do gol banguense.

O Bangu apelou para os contra-ataques e, no finzinho, a estratégia deu certo. Luan Sérgio deu belo lançamento para Almir, que entrou em velocidade, cortou o zagueiro e chutou forte, de canhota, no canto direito: 3 a 0 Bangu e uma tarde consagradora para o camisa 10 de Moça Bonita, artilheiro do Campeonato Carioca.

A partida
Bonsucesso 0x3 Bangu – Campeonato Carioca, 4ª rodada – 14/2/2016 às 17h

Estádio Luso Brasileiro (Rio de Janeiro – RJ)
Árbitro: Daniel Wilson Barbosa de Castro
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque e Francisco Pereira de Sousa

Bonsucesso: Léo; Rossales, Gustavo Rambo, Anderson e Julio Cesar Pit; Aílton (Dieguinho – intervalo), Marcos Junior, Breno (Renan 11’/2ºT), Geovani (Nathan 28’/2ºT) e Matheus Pimenta; Deivison. Técnico: Mario Marques.

Bangu: Célio; Dyeguinho, Anderson Penna, Matheus Avelar e Guilherme; Ives, Magno (Magnum 44’/2ºT), Junior, Almir e Giovanni (Luan Sérgio 36’/2ºT); Geraldo (Tiago Barreiros 27’/2ºT). Técnico: Emanoel Sacramento.

Cartões amarelos: Rossales, Gustavo Rambo, Matheus Pimenta (BON); Matheus Avelar, Giovanni (BAN)

Gols: Almir, 16’/1ºT (0-1); Almir, 28’/1ºT (0-2); Almir, 45’/2ºT (0-3)

Renda: R$ 4.600,00
Público: 400 presentes (360 pagantes)

Fonte: Futrio