Vagner Mancini é o novo técnico da Chapecoense. O treinador irá ocupar o lugar de Caio Jr., falecido na tragédia aérea que deixou 71 mortos na madrugada de segunda para terça-feira, dia 29 de novembro.

Nesta temporada, Vagner Mancini comandou o Vitória até setembro, quando foi demitido após derrota para o Flamengo por 2 a 1, no Barradão. Pela equipe baiana, o treinador teve um aproveitamento de 51,75%, sendo 33 triunfos, 19 empates e 24 derrotas em 76 partidas.

Levir Culpi, desempregado após deixar o Fluminense, era outro nome cotado pelo clube e chegou a se oferecer para treinar a equipe de graça. A iniciativa de Levir, inclusive, chegou a ser elogiada pelo técnico Cuca, campeão brasileiro pelo Palmeiras. No entanto, como a intenção do técnico era fazer um contrato apenas até o final do Campeonato Catarinense, a diretoria da Chapecoense optou por Mancini, que assinará até o final do ano.

Vagner Mancini começou sua carreira no Paulista de Jundiaí, onde ganhou destaque após o título da Copa do Brasil, em 2005. No ano seguinte, foi ao Al-Nasr, dos Emirados Árabes Unidos, voltando ao Brasil em 2008, para trabalhar no Grêmio. No Tricolor, foi demitido invicto após apenas seis jogos por problemas de relacionamento com a diretoria. Depois, Mancini passou ainda por Santos, Vasco, Guarani, Ceará, Cruzeiro, Sport, Náutico, Atlético-PR e Botafogo. Tem como conquistas ainda o Baiano de 2008 e o Cearense de 2011.

O voo da companhia aérea LaMia caiu na madrugada de segunda para terça-feira, dia 29 de novembro, perto de Medellín, na Colômbia, deixando 71 mortos, entre eles 19 jogadores e membros da comissão técnica e diretoria da Chapecoense, jornalistas e tripulantes. Das 77 pessoas que estavam na aeronave, apenas seis sobreviveram: três atletas, um membro da imprensa e dois integrantes da tripulação.

Na próxima temporada, a Chapecoense poderá ser uma das equipes com maior número de jogos ao longo da temporada – dependendo do desempenho nos torneio eliminatórios. O Verdão do Oeste disputará o Campeonato Catarinense, Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores, Recopa Sul-Americana, Copa Suruga e o Troféu Joan Gamper.

Fonte: Gazeta Esportiva