Em entrevista ao Bolívia Talk Show, do canal Desimpedidos, o volante Renato, do Santos, relembrou os tempos que vestiu a camisa do Botafogo e do convívio com o holandês Clarence Seedorf no clube.

O atleta revela que o lado muito correto do jogador – que chegou abalando no futebol brasileiro – causava irritado em alguns atletas do Fogão.

“Ele é gente boa, mas é um cara que quer tudo certo. Como esteve muito tempo na Europa, ele tinha um lado profissional diferente. Às vezes, os meninos acabavam o treino e queriam tomar banho para ir embora ver a namorada ou sair, e o Seedorf pegava no pé deles”, contou Renato.

O volante deixa escapar que até se inspirou no lado “certinho” de Seedorf para orientar os garotos da base do Santos.

“Ele era muito certinho e cobrava. Até falo algumas coisas aqui dentro [do Santos] para os mais jovens. Se não sabe chutar com a esquerda, então, treina. É o que ele cobrava dos meninos. O Seedorf era um cara correto e molecada falava: “pô, vou ter que ficar lá. Que cara chato”, completou o ex-jogador do Botafogo.

Lembrando dos tempos que vestiu a camisa do time carioca, Renato lamentou a queda precoce do time na Libertadores de 2014 e alfinetou a torcida do Flamengo.

“Infelizmente a gente perdeu algo que estava nas nossas mãos num estádio com 50 mil torcedores. Não falam que o Botafogo não ter torcedor? Então, tinha flamenguista infiltrado”, finalizou.

Fonte: Torcedores.com