Dois times com campanhas surpreendentes na temporada 2017 sob o comando de técnicos da nova geração medirão forças na noite desta segunda-feira, no Engenhão, palco do duelo entre Botafogo e Corinthians. À beira do gramado, estarão Jair Ventura, 38 anos, e Fábio Carille, 44, dupla que conseguiu solidez à frente dos clubes depois de experiências como interinos.

Fortalecidos depois de um período de desconfiança, Jair e Carille alcançaram a estabilidade no cargo com o mesmo estilo de atuação. Em campo, Botafogo e Corinthians obtiveram bons resultados com um jogo reativo, marcado pela organização tática e força coletiva.

Foi dessa forma, por exemplo, que o Botafogo chegou às quartas de final da Libertadores após passar pela fase de mata-mata anterior à de grupo. Na campanha, o time da Jair eliminou cinco campeões continentais e só parou no Grêmio, em um confronto parelho, marcado por um gol solitário de Barrios.

O Corinthians, por sua vez, conseguiu surpreender os adversários no Campeonato Estadual, mesmo com menos investimento. Campeão depois de vencer todos os seus principais rivais, o time de Carille ganhou força para o Brasileirão. Dessa forma, bateu recordes no primeiro turno ao somar 47 pontos e assumir a liderança com folga.

Outro ponto que une os dois adversários desta segunda-feira é o tempo de trabalho dentro do clube. Jair chegou ao Botafogo ainda em 2008 e só esteve fora do clube em 2014. Carille começou como auxiliar no Corinthians em 2009 e chegou a dirigir o time principal em 2010 e 2016.

Jair teve mais respaldo

Embora ambos os técnicos estejam em alta, o início da trajetória como treinadores efetivos foi distinto. Jair ganhou o respaldo da diretoria do Botafogo logo depois da saída de Ricardo Gomes. Mantido no cargo, o técnico levou o time à Libertadores 2017 e assinou um contrato de dois anos em dezembro passado.

Já Carille precisou esperar. Após a saída de Tite para a seleção brasileira, o Corinthians optou pela contratação de Cristóvão Borges. Em seguida, acertou o retorno de Oswaldo de Oliveira. Em dezembro, enfim, o atual treinador ganhou uma chance. Com o sucesso no comando do time corintiano, Carille renovou com o clube até o fim de 2019.

Dessa vez, os treinadores lutam por objetivos distintos. O botafoguense tenta buscar uma vaga na Libertadores, enquanto o corintiano tenta assegurar o segundo título no ano – o Corinthians é líder do Brasileirão com seis pontos de vantagem a nove rodadas do fim.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO x CORINTHIANS

Data: 23 de outubro de 2017, segunda-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro (30ª rodada)
Local: Engenhão, no Rio de Janeiro
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Jose Reinaldo Nascimento e Daniel Henrique Andrade (ambos do DF)

BOTAFOGO: Gatito; Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Bruno Silva e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Benner. Técnico: Jair Ventura

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson. Rodriguinho e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille.

Fonte: UOL