Depois de mais de um mês sem jogar — só por causa da última lesão — e tendo atuado em menos de 40% das partidas do Botafogo este ano, o meia Montillo foi liberado pelo departamento médico do Botafogo. Agora ele passará a treinar integralmente com o grupo e já está à disposição do técnico Jair Ventura e sua comissão técnica.

Com isso, ele passa a ser, ao menos por enquanto, o único meia do elenco — Leandrinho continua no departamento médico. Camilo deve retornar em breve e Marcos Vinícius, do Cruzeiro, possível reforço, não está certo por enquanto. A situação aumenta as chances de Jair ao menos relacionar Montillo já amanhã, contra o Santos, seu ex-clube, no Pacaembu. Contra o Flamengo, domingo passado, o treinador precisou utilizar Wenderson, de 18 anos, das divisões de base, pois não havia ninguém da posição disponível no plantel profissional.

Enquanto esteve lesionado, Montillo demonstrou publicamente sua frustração. Na última semana, ele chegou a postar no Instagram que não estava roubando o clube e gostaria de devolver seus salários referentes aos períodos em que não jogou. A proposta não foi aceita pela diretoria do clube.

A volta do argentino é um alívio em meio a lesões recentes, especialmente a de Airton, que fraturou a fíbula da perna direita, operou e ficará fora de ação por meses. O lateral-esquerdo Victor Luis lesionou o joelho, também no jogo de domingo, contra o Flamengo, mas não deve operar.

Fonte: Extra Online