A família do ex-jogador Mendonça está esperançosa em relação a sua recuperação. Ídolo do Botafogo, o ex-meia sofreu um grave acidente no domingo (5), quando caiu da escada na estação ferroviária Guilherme da Silveira, em Bangu, e desde então está internado em estado grave no Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo.

Irmão do ex-atleta, Ricardo Mendonça, está o tempo todo em contato com os médicos e elogia o atendimento tanto do hospital quanto da UPA, onde Mendonça foi levado de imediato.

“Eles fizeram um trabalho maravilhoso. Até fui lá depois para agradecer. O vergalhão rasgou o rosto dele, que teve duas fraturas e uma carótida rompida. No hospital a médica me explicou que quem tem uma carótida rompida geralmente morre em cinco minutos. Mas lá na UPA fizeram um garrote para segurar o sangramento e ele levou cerca de uma hora para dar entrada no Albert Schweitzer”.

Porém, a maior gravidade em relação ao ex-jogador é o fato dele ter perdido muito sangue. Mas os médicos afirmam que o coração está bom, como de uma criança e é possível que esta força venha dos muitos anos dedicado ao esporte.

“Na terça-feira, os filhos foram visitar e notaram que ele mexeu os dedos de uma mão. Isso é sinal que está reagindo. Os médicos pediram calma à família. Disseram que pretendem diminuir os sedativos lentamente, para dar chance de uma recuperação segura. Pediu pra gente não ter pressa dele acordar”, falou Ricardo.

Pelo menos os filhos e o irmão fazem visita diária ao ex-jogador  e na equipe que o acompanha tem ainda o Doutor Paulo Samuel, que já foi médico do Glorioso. Conhecer melhor o paciente acaba ajudando no tratamento, que parece longo, num estado ainda grave, mas com muita fé na recuperação.

Fonte: Eu, Rio!