Após ser superior no primeiro tempo, o Botafogo “apagou” na etapa final e acabou derrotado pelo Flamengo no clássico disputado na noite deste sábado, no Maracanã, pela segunda rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Em entrevista coletiva após o duelo, o técnico Paulo Autuori fez justamente este alerta, garantindo que não pode se repetir o que aconteceu.

– O jogo são 90 minutos. Fazer um tempo bom e outro ruim não dá. A primeira parte nos deu a ideia do caminho que temos que pegar. Depois do gol, acho que temos que ser mais fortes mentalmente. Não ir abaixo, tem que continuar fazendo as coisas que estavam boas – alertou o treinador durante a conversa com os jornalistas após a partida.

– Temos que ter capacidade tética, estratégica e mental. Tivemos boas chances na primeira parte, subimos a marcação, e o Flamengo não teve chance excepcional. Agora é focar no jogo de terça. Falei com os jogadores que sabemos o caminho para crescer, mas exige sacrifício.

Com o resultado, o Flamengo chegou a seis pontos, na liderança do Grupo A da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O Botafogo, por sua vez, está em quinto lugar no grupo, com três pontos. Pela competição, ambas as equipes voltam a campo no próximo dia 15: enquanto o Rubro-Negro recebe a Portuguesa, o Alvinegro pega o Bangu. Antes, o Fla enfrenta o Barcelona de Guayaquil, na quarta, pela Conmebol Libertadores, e o Bota, na terça, pega o Paraná pela Copa do Brasil. Autuori finalizou falando sobre a sequência do trabalho.

– São jogos diferentes (Flamengo e Paraná). O problema não é só a gente, mas o adversário que impõe algumas situações. Não é vergonha assumir que temos carências. Temos que construir uma equipe. Não podemos lamentar. Não gosto de pensar no que não temos. Não podemos ter resquícios do passado – finalizou o treinador alvinegro.

Fonte: Terra