A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro lamenta e repudia, no mais alto grau, os episódios de incompreensão, de distanciamento do bom senso, antidesportivos, de violência e de selvageria que tenham ocorridos, dentro e fora do Estádio Nilton Santos, sejam eles pré, per, pós e em função da partida entre o Botafogo FR e o CR Flamengo, comprometendo o espetáculo, prestando um desserviço à sociedade, maculando o evento, denegrindo a imagem, agredindo direitos e pisoteando a civilidade.

Entendemos também: que não se deve fechar os olhos para a necessidade da revisão de regulamentos e normas, inclusive a própria legislação como o Estatuto de Defesa do Torcedor, de modo que conduzam a ajustes que permitam medidas profiláticas mais eficientes, eficazes e efetivas; que todas as instituições envolvidas, partícipes e com responsabilidades no evento esportivo possam contribuir na identificação de locais, condições e critérios melhores e mais adequados, para determinadas partidas, mesmo que excepcional e pontualmente; que dirigentes ultrapassem os limites dos esforços em prol da paz, da não violência, do conceito e do convencimento que os resultados serão benéficos à sociedade, ao futebol, aos clubes, à segurança e até mesmo à cadeia produtiva da modalidade; que possamos todos os interessados, de forma harmônica, convergir e seguir em uma mesma direção e sentido.

Fonte: Site da Ferj