Após mais uma derrota no Campeonato Brasileiro – a terceira seguida, desta vez para o Fortaleza no Castelão -, o zagueiro Gabriel adotou um discurso duro e pediu que os jogadores do Botafogo assumam a responsabilidade pelo momento ruim. Ele tratou de tirar a pressão dos ombros do técnico Eduardo Barroca, cada vez mais contestado.

– Difícil até de falar… Treinamos bem durante a semana, chega no jogo e não conseguimos propor o que treinamos. Temos que assumir a nossa responsabilidade e isentar a responsabilidade do Barroca. A responsabilidade é toda nossa, dos jogadores. Estamos precisando nos doar um pouquinho mais para sairmos desse momento difícil. É uma tempestade que estamos enfrentando, mas tem que manter a confiança no trabalho e nos jogadores para podermos sair dessa – afirmou Gabriel ao Premiere.

Vote na enquete abaixo:

Perguntado se os salários atrasados estão afetando o rendimento em campo, Gabriel manteve a linha de raciocínio:

– De forma alguma. Sabemos que a diretoria, que o Anderson Barros, que é um cara excepcional, está lutando por isso aí. É ruim, mas não interfere em campo. Temos que isentar o extra-campo e assumir as nossas responsabilidades.

Com 27 pontos e na 12ª colocação no Campeonato Brasileiro, o Botafogo agora terá uma sequência de dois jogos em casa, contra Fluminense, domingo, e Goiás, dia 9.

Fonte: Redação FogãoNET