Dos jogadores do Botafogo que estiveram em campo na última vez que o time venceu o Flamengo, apenas Gatito Fernández é titular às vésperas de o time encarar o arquirrival, no próximo sábado, às 18h, no Maracanã, pela segunda rodada da Taça Rio. Com tamanha reformulação, o Glorioso espera voltar a festejar. Afinal, viu o Rubro-Negro se tornar uma potência e saiu derrotado das três edições que se seguiram deste clássico.

Quando venceu o Flamengo por 2 a 1 no dia 10 de novembro de 2018, no Estádio Nilton Santos, pela 33ª do Campeonato Brasileiro, o Botafogo teve a seguinte ficha técnica: Gatito; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson (Moisés, 18’/2°T); Lindoso, Matheus Fernandes e Leo Valencia (Renatinho, 45’/2°T); Erik, Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão, 25’/2°T) e Brenner. Técnico: Ricardo.

Os gols da partida foram marcados pelo meia chileno Leo Valencia, que atualmente está no Colo-Colo, de seu país, e pelo atacante Erik, hoje no Yokohama F. Marinos, do Japão. O atacante Vitinho descontou.

Ao reencontrar o Rubro-Negro no dia 26 de janeiro de 2019, também no Niltão, pelo Campeonato Carioca, Glorioso chegou até a abrir o placar, com gol do volante João Paulo, que atualmente está no Seattle Sounders, dos Estados Unidos, mas levou a virada em que o então estreante Bruno Henrique fez os dois gols do Flamengo, que venceu por 2 a 1.

Naquela ocasião, a ficha técnica do Alvinegro foi a seguinte: Gatito Fernadez, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Jonathan (Lucas Barros 15’/2ºT); Jean (Rodrigo Pimpão 30’/2ºT), Alex Santana e João Paulo (Alan Santos 38’/1ºT); Luiz Fernando, Erik e Aguirre. Técnico: Zé Ricardo.

Os outros dois confrontos também ocorreram no ano passado, pelo Campeonato Brasileiro. Na 12ª rodada, no Maracanã, em 28 de julho, o Botafogo também saiu na frente, com gol do volante Cícero, mas saiu derrotado por 3 a 2. Pelo Alvinegro, o atacante Diego Souza, hoje no Grêmio, fez o outro gol. Gerson, Gabigol e Bruno Henrique fizeram os gols do Fla.

Para tal partida, a ficha técnica do Glorioso foi esta: Gatito Fernández; Marcinho, Joel Carli, Gabriel e Jonathan (Lucas Barros; 34’/2ºT); Cícero, Alex Santana e João Paulo (Victor Rangle; 39’/2ºT); Diego Souza, Luiz Fernando e Rodrigo Pimpão (Lucas Campos; 31’/2ºT). Técnico: Eduardo Barroca.

Já na 31ª rodada, no Nilton Santos, em 7 de novembro, o Botafogo levou um gol de Lincoln aos 44 minutos do segundo tempo e saiu derrotado por 1 a 0. Sua ficha técnica foi: Gatito Fernández; Fernando, Carli, Gabriel, Yuri; Cícero, João Paulo, Alex Santana (Jean, 27’/2ºT) e Leo Valencia (Lucas Barros, 41’/2ºT); Luiz Fernando e Igor Cássio (Victor Rangel, 47’/2ºT). Técnico: Alberto Valentim

Também titulares na última vitória do Botafogo sobre o Flamengo, o zagueiro argentino Joel Carli e o meia-atacante Luiz Fernando estão no banco de reservas atualmente e, por enquanto, são opções para o técnico Paulo Autuori utilizar durante o clássico. O zagueiro Marcelo Benevenuto, que ficou no banco de reservas o jogo inteiro, no dia 28 de novembro de 2018, agora é titular.

Outros dois que estiveram no banco de reservas naquela ocasião, que também não foram utilizados, e que ainda estão no Botafogo, são o volante Bochecha e o meia Leandrinho. Eles, porém, estão fora dos planos de Autuori. Já o lateral-direito Marcinho, titular em novembro de 2018, se recupera de cirurgia no joelho direito e só voltará a jogar pelo Glorioso no segundo semestre.

O provável time do Botafogo para o clássico a ser disputado no próximo sábado é o seguinte: Gatito Fernández; Barrandeguy, Marcelo Benevenuto, Ruan Renato e Danilo Barcelos; Cícero, Alex Santana e Bruno Nazário; Gabriel Cortez, Luís Henrique e Rafael Navarro.

Fonte: Terra