Recém-chegado, Gatito Fernández tem uma das missões mais difíceis no Botafogo. O paraguaio será o substituto, pelo menos nesse começo de ano, do maior ídolo do clube atualmente, o goleiro Jefferson. Nesta quarta-feira (1º de fevereiro), ele tentará parar o experiente ataque do Colo-Colo no duelo de ida da segunda fase da Conmebol Libertadores Bridgestone.

“Eles certamente têm um estilo rápido, como é o futebol chileno. Espero que possamos fazer uma boa partida no Rio para irmos tranquilos para Santiago. Necessitamos de uma boa vantagem no Brasil”, disse Gatito em entrevista ao jornal chileno La Tercera. O jogo será realizado no Estádio Nilton Santos e terá transmissão ao vivo do FOX Sports e do FOX Play a partir das 21h.

Sobre o rival, o goleiro mostrou bastante respeito. “Os jogadores eu não conheço muito, mas conheço o (goleiro) Justo Villar e sei que ele voltou a jogar no amistoso conta o Lanús (ARG). Será difícil porque é uma equipe com história”, afirmou o paraguaio, que também analisou a pré-temporada do clube carioca.

“O Botafogo é uma equipe que manteve toda a base do ano passado. Temos muitos jogadores com experiência, com muita qualidade técnica, atacantes rápidos. Mas, acima de tudo, os jogadores com experiência te ajudam a ter um melhor desempenho em torneios internacionais”, concluiu o atleta de 28 anos.

Fonte: Fox Sports