Único jogador do Botafogo a falar com a imprensa na zona mista do Alfredo Jaconi após a derrota para o Juventude por 2 a 1, que eliminou o clube da Copa do Brasil, o goleiro e capitão Gatito Fernández não quis buscar desculpas e admitiu a superioridade da equipe gaúcha nos dois confrontos. Para ele, a classificação do Juventude foi justa.

– O Juventude lá no nosso campo fez o que queria, nos ganharam em todos os pontos do futebol, seja dentro de campo, fazendo cera, entrando forte… O Juventude ganhou em todos os pontos e isso é que o vale – afirmou Gatito ao canal SporTV, lamentando mais uma eliminação precoce na temporada:

– Sair de dois campeonatos sem nem ainda ter chegado na metade do ano é um pouco difícil. Ainda temos a Copa Sul-Americana pela frente, onde estamos fazendo um bom trabalho, mas ficamos com essa dor, magoado com o que aconteceu. Queríamos continuar nessa copa, estávamos indo muito bem no mata-mata, mas hoje (quinta) não conseguimos.

O Botafogo volta a campo agora apenas no dia 27 de abril, quando estreia no Campeonato Brasileiro enfrentando o São Paulo, no Morumbi.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV