O Botafogo permanece procurando maneiras para aliviar as dívidas. Com os salários referentes ao mês de maio atrasados, o Alvinegro negociou Glauber, zagueiro oriundo das categorias de base, ao Al-Nasr, time dos Emirados Árabes Unidos. A informação foi publicada inicialmente pelo portal “UAE Kick” e confirmada pelo LANCE!.

O clube asiático adquiriu 70% dos direitos econômicos do atleta – portanto, o Botafogo terá direito a 30% de qualquer futura negociação que envolva o zagueiro, já que o Alvinegro possuía 100% dos direitos do jogador. Os valores pagos pelo Al-Nasr para ter o zagueiro foram 3 milhões de reais.

Glauber havia renovado seu contrato recentemente e era visto com bons olhos dentro de General Severiano. O zagueiro, inclusive, foi chamado para integrar treinos da Seleção Brasileira nos amistosos realizados contra Panamá e República Tcheca, antes da Copa América, mas a questão financeira falou mais alto. Ao LANCE!, o zagueiro se despediu do clube de General Severiano.

– Mesmo de longe vou sempre ficar sempre na torcida para o Botafogo. Foi o clube que me acolheu desde novo, nesses anos que passei lá eu entendi a amar a instituição. Foi uma trajetória com dois títulos, pode não ser muito, mas foram importantes. Foram quase sete anos de muito aprendizado e realizações, conheci muitos profissionais excelentes que me deram muitos conselhos e me ajudaram muito a chegar até aqui – comentou.

Glauber chegou a participar de treinos com a elenco profissional e ser relacionado, mas não chegou a estrear com a equipe. Apesar dos 19 anos recém-completados, o atleta era uma das peças mais importantes da equipe sub-20 e sua característica marcante é a qualidade na saída de bola e tempo de posicionamento dentro da área.

Fonte: Terra