Herói de 89, Maurício mostra confiança em reformulação do Botafogo: ‘Solução é pela base’

6 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Maurício, atacante do Botafogo no Campeonato Carioca de 1989
Reprodução

Novo planejamento focado na base essa é na opinião de Maurício, ídolo da torcida do Botafogo, a receita para o Glorioso retornar para a Série A e viver bons momentos no futebol. Em conversa com o Jornal O Dia, o autor do histórico gol do título do Campeonato Carioca que encerrou o jejum de 21 anos sem conquistas alvinegras em 1989 mostrou confiança no planejamento que vem sendo elaborado pela nova gestão do Botafogo, presidido por Durcesio Mello.

“O presidente novo está com uma dinâmica diferente, com uma nova metodologia, que eu creio que fará uma direção diferenciada. Acho que ele vai aproveitar os profissionais que estão se destacando no clube. Acredito que o caminho seja esse, com a nova gestão, com uma metodologia que prioriza a base e o torcedor poderá vir junto. E o torcedor poderá montar uma equipe para o próximo ano e para os outros anos”, afirmou.

Atualmente empresário, Maurício revelou que tem como sonho participar da formação de jovens talentos na base do Botafogo e ajudar dessa forma o clube carioca a voltar para o caminho das suas grandes conquistas.

“Desejo participar da base do Botafogo. É um sonho, é na base que nós conseguimos resgatar o clube. Você vê que é na base que os grandes clubes conseguem se fortalecer. Por conta da qualidade técnica, e também com possíveis vendas. É um trabalho sério que precisa começar na base”, disse.

Sobre a atual temporada, que terminou com o rebaixamento da equipe de General Severiano para a Série B, o ex-atacante afirmou que acredita que a falta de planejamento da antiga gestão de futebol tenha o principal motivo da queda do Glorioso.

“É triste um clube com tantos ídolos e recordações fantásticas passar por um momento como esse. A parte de gestão foi a principal responsável, quem estava no departamento de futebol, as escolhas dos jogadores e as mudanças de treinadores. Acredito que a gestão tenha cometido muitos erros”, opinou.

Sobre o atual elenco alvinegro, Maurício afirma que apesar dos resultados há jogadores com qualidade. O ex-atacante fez elogios a alguns jovens jogadores do elenco alvinegro.

Babi teve bons momentos, mas acabou saindo do time, e acho que desmotivou. As mudanças de técnico atrapalharam muito a equipe na temporada. Tirou a motivação. O Matheus está com moral, acho que tem que dar continuidade, ele é jovem, mas precisa jogar. Eu comecei com 17 anos. Ele precisa ter oportunidade, mesclado com experiência, sempre orientando o garoto”, orientou.

Por fim, Maurício afirmou que além da qualidade técnica, é preciso que os jogadores entrem em campo com uma postura diferente, quando estiverem vestindo a camisa do Glorioso. “Acho que faltou um pouco de amor ao clube. Quando não dá na técnica, precisa ir na raça, na paixão. Acho que faltou um pouco isso aos jogadores. O elenco em si não é ruim”, finalizou.

Fonte: O Dia Online

Notícias relacionadas