Jefferson voltou a mostrar porque é o melhor goleiro do Brasil. Com duas defesaças no fim, ajudou o Botafogo a garantir o empate sem gols com o Ceará, nesta terça-feira, no Castelão. A cabeçada de Fabinho e a finalização de Roger Gaúcho ocasionaram lances incríveis do capitão alvinegro.

– Acho que a cabeçada foi a mais difícil, porque bateu meio que no contra-pé, fiz a defesa, depois a segunda… Essa defesa da cabeçada vai para o DVD – brincou Jefferson, em entrevista ao SporTV.

Devido a um acidente nos vestiários, Jefferson quase não voltou para o segundo tempo. Ele se chocou com uma porta e teve de tomar dois pontos no supercílio, retornando ao gramado com um curativo acima do olho:

– Estávamos voltando para o segundo tempo, a porta abriu rápido, não lembro qual jogador que foi, aí abriu aqui (apontando o supercílio), tive que tomar um ou dois pontos. Mas o importante foi que jogamos bem hoje e conseguimos um empate muito bom.

Fonte: Redação FogãoNET