Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Herói do Botafogo tem nova missão: quebrar tabu de 55 anos na Libertadores

0 comentários

Compartilhe

Com três gols diante do Deportivo Quito na última quarta-feira, no Maracanã, o atacante Wallyson já entrou para a história do Botafogo ao garantir o clube na fase de grupos da Copa Libertadores após 18 anos. A marca, no entanto, não deixa o herói alvinegro satisfeito. O jogador quer mais.

Acostumado com gols na competição sul-americana, Wallyson tenta quebrar uma marca que já dura 55 anos. Desde o início da disputa da Copa Libertadores, em 1960, nunca um jogador conseguiu ser artilheiro do torneio por dois clubes diferentes.

Goleador da edição de 2011 pelo Cruzeiro, Wallyson tenta repetir o sucesso e encerrar o jejum agora pelo Botafogo.

“Vou fazer história.Tenho fé nisso. Estou concentrado no objetivo de ter muitas alegrias no Botafogo. A felicidade é enorme de começar uma Libertadores fazendo três gols. Foi uma noite especial para mim e para o clube. Fui artilheiro no Cruzeiro e espero ser aqui novamente”, projetou o goleador.

Após o belo cartão de visitas em sua primeira partida, o atacante ganhou a confiança do técnico Eduardo Húngaro e o incentivo para buscar a marca inédita.

“Sem dúvida, foi uma escolha acertada. Mérito do jogador. Em poucos treinos mostrou que seria importante na nossa linha ofensiva, trazer fato novo. Ele tem velocidade, atua nos lados do campo, tem ótima movimentação. Mostrou ao longo da carreira que tem ótima finalização. Em Quito [primeiro jogo contra o Deportivo] era diferente, ele não estava tão pronto. Não tinha como começar com ele, até pela nossa opção mais defensiva porque sabia o que ia encontrar lá. Preparamos ele para essa situação e ele respondeu plenamente”, disse o treinador, durante participação em um programa do Sportv.

A próxima missão de Wallyson rumo à marca história será na terça-feira, data de estreia do Botafogo na fase de grupo da Libertadores. O Alvinegro encara o San Lorenzo, às 20h, no Maracanã.

Comentários