Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Hungaro admite Vasco bem, mas exalta exibição de reservas: ‘Nossa melhor atuação’

0 comentários

Compartilhe

A derrota por 1 a 0 para o Vasco não foi motivo de insatisfação do técnico do Botafogo, Eduardo Hungaro, com a atuação de seus jogadores na noite deste domingo, na partida válida pela quinta rodada do Campeonato Carioca.  Apesar de admitir a superioridade do rival, o treinador ressaltou que esta foi a melhor exibição dos reservas alvinegros pela competição.

“A equipe sentiu o bom momento do Vasco, que fez dois jogos recentes muito bons e encontrou uma forma de jogar bastante agressiva. O Vasco foi melhor no primeiro tempo. Quando estávamos melhores eles acabaram marcando. Esses detalhes que decidem. Considero justa a vitória do Vasco, no todo”, admitiu o treinador. “Ainda assim, essa foi a melhor atuação deste grupo pelo Carioca”, disse Hungaro depois, sobre o time B do Alvinegro.

A partida deste domingo pode render uma vaga para um dos dois destaques alvinegros, Wallyson e Daniel, para o jogo de volta contra o Deportivo Quito, na quarta-feira, pela pré-Libertadores. Eduardo Hungaro já admitiu a necessidade de mudar a formação que saiu derrotada do confronto no Equador, na última semana, por 1 a 0. Elias também é opção para o duelo.

“O Daniel foi o que mais treinou com esse grupo, é o mais entrosado. Imagino o Deportivo esperando atrás. Pode ser boa opção também o Elias com o Ferreyra. Mas o Daniel é o jogador mais entrosado. Está bem entrosado com o grupo e sai na frente para iniciar o jogo. Embora ainda não tenha definido ainda. Neste domingo o Wallyson também esteve perto de empatar o jogo, então são opções que temos. Na segunda e na terça definiremos quem será o escolhido”, explicou Hungaro.

Eduardo também comentou a opção escalar os reservas para o primeiro clássico do ano, com a equipe ainda na nona colocação da Taça Guanabara, o turno único do Campeonato Carioca. O time B do Botafogo ainda não venceu na competição, tendo apenas empatado duas partidas até aqui.

“É meu dever entender o momento deles [os titulares], fizemos viagem de quinze horas de ida e de volta para o Equador no meio de semana. Tudo que é decidido é na base científica. Temos resultados que tínhamos certeza que o prejuízo para quarta seria grande, precisamos de todos 100%. É aquele segundo que define uma jogada. Precisaremos na quarta empurrar o Deportivo Quito para dentro da área deles. Isso exige jogadores inteiros para fazer a parte tática”, encerrou o treinador.

Comentários