Ídolo do Botafogo após sua recente passagem pelo Brasil, o atacante uruguaio Loco Abreu foi apresentado nesta quarta-feira pelo Santa Tecla, de El Salvador, a 22ª equipe de sua longa carreira.

“Estou surpreso com a quantidade de pessoas que estão aqui. Muitos pensaram que eu era um cantor que veio para um show, porque há tantos fotógrafos e pessoas da imprensa”, disse Abreu, de 39 anos, durante a apresentação.

Com passagens por clubes de Argentina, Espanha, México, Equador, Israel e Grécia, o atacante afirmou que assinou com o Santa Tecla por causa do “entusiasmo e da intensidade da direção da equipe” em contratá-lo.

“Aqui estão me dando uma oportunidade para continuar curtindo o futebol, para seguir me sentindo útil dentro e fora do campo de jogo, e isso me entusiasma porque os dirigentes foram me buscar no México para fazer a proposta”, afirmou o jogador uruguaio.

O Santa Tecla busca o segundo título de sua história na primeira divisão do Campeonato Salvadorenho no Torneio Apertura, que começa a ser disputado no próximo dia 30 de julho.
“Me senti admirado e querido. Posso interpretar que essa será uma experiência muito linda, de estar em um novo país, uma nova cidade e novo clube”, destacou Loco Abreu.

Sobre seu novo clube, que subiu para a elite do futebol do país em 2012, o atacante afirmou que é “uma equipe forte, que conquistou um título (em 2015) e que pode se esforçar para conseguir novos triunfos”.

“Meu objetivo com a equipe dentro do campo de jogo não é fazer gols para ser artilheiro, mas criar chances para que os companheiros façam esses gols, para que, quando a partida terminar, o Santa Tecla some três pontos e estejamos brigando pelo campeonato”, disse.

Loco Abreu pode ter de deixar de jogar com o número 13 para não ser associado à facção criminosa Mara Salvatrucha, também conhecida como MS13, a mais violenta do país centro-americano.

“Se não puder usar o 13, optarei pelo 22, em representação aos clubes nos quais estive. Vou analisar a situação sem gerar nenhum tipo de conflitos ou inconvenientes. Simplesmente estou dando continuidade ao que fiz nos 21 clubes que defendi”, declarou o jogador

Fonte: ESPN.com.br