A chance de conseguir reverter a vantagem do Cruzeiro após a vitória por 5 a 2 no jogo de ida no Rio não era das tarefas mais simples. Justamente por isso, Jair Ventura optou por colocar um time recheado de reservas nesta quarta-feira no Mineirão. O treinador justificou a sua escolha e disse que o Alvinegro de fato priorizou a disputa do Brasileirão, onde ainda sonha com uma vaga no G-4.

“A gente paga um preço, quando você entra praticamente com um time todo que não vem jogando, perde muito entrosamento. Mas foi opção nossa, sabia da importância da Copa Brasil, mas, pelo resultado do primeiro jogo, priorizamos o Brasileiro. A partir desse momento poupamos alguns jogadores, os que estavam com mais “minutagem” pra evitar lesões, perder mais jogadores. O preço veio junto com a performance. O time sentiu a falta do entrosamento e não fizemos grande partida. Agora temos só uma competição, só um objetivo de primeiro fazer 46 pontos, vamos agora com tudo, força máxima no Brasileiro”, afirmou Jair em entrevista coletiva.

No sábado, o Botafogo segue em Belo Horizonte e às 21h terá pela frente o América-MG, lanterna do Brasileirão, na Arena Indepêndencia. Em nono lugar, com 38 pontos, o Alvinegro está a sete do Santos, primeiro time dentro do G-4.

Fonte: O Dia Online