Jair Ventura surpreendeu na escalação ao trocar o atacante Rodrigo Pimpão por Guilherme no time titular do Botafogo contra o Atlético-GO. Apesar disso, o alvinegro tropeçou no Estádio Nilton Santos e mais uma vez saiu de campo sob vaias da torcida.

“Pimpão vinha em uma situação, muito cobrado, no último jogo ele ficou bem chateado com as vaias e preservei o atleta dando oportunidade ao Guilherme que vinha entrando bem. Ele teve a oportunidade de jogar 90 minutos. Eu precisava vencer o jogo e atacante de velocidade só tenho ele o Pimpão. Se eu tirasse o Guilherme teria que colocar um zagueiro ou volante. Quando coloco dois laterais estou vencendo, eu precisava do resultado, mais um homem de frente, como não temos o Guilherme ficou até final. Ele passou a ser a parte do Pimpão: quando ele iniciava era vaiado, hoje ele foi vaiado também. Só muda quem inicia“, desabafou Jair Ventura.

Ciente da responsabilidade e da cobrança, o técnico revelou que o objetivo principal é classificar o Botafogo pela segunda vez consecutiva para a Libertadores, algo inédito na história do clube. “É preciso ter paciência, preciso fazer meu papel. Foram esses jogadores que nos trouxeram até aqui como vice-líder do returno*. A gente não pode fazer tempestade em copo d’água porque senão a gente acaba com o trabalho agora. Vamos ver o que acontece após essas três partidas, se seremos cobrados ou elogiados. Quando a gente perdeu o Montillo, Canalles, Sassá, Joel falei lá atrás quem iria pagar a conta. Quando os resultados acontecem fica tudo bem, mas uma hora a conta chega“, concluiu.

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE A – 35ª RODADA

Quarta-feira (15)
Ponte Preta 2 x 1 Atlético-PR
Cruzeiro 2 x 2 Avaí
Grêmio 1 x 0 São Paulo
Vasco 1 x 1 Atlético-MG
Corinthians 3 x 1 Fluminense

Quinta-feira (16)
Chapecoense 2 x 1 Vitória
Palmeiras 5 x 1 Sport
Botafogo 1 x 2 Atlético-GO
Bahia 3 x 1 Santos
Coritiba 1 x 0 Flamengo

 

*Após o final da 35ª rodada o Botafogo caiu para terceiro lugar na classificação do 2º turno – 26 pontos em 16 jogos, atrás de Palmeiras e Cruzeiro, que somaram 28.

Fonte: Torcedores.com