O Botafogo precisa de mais uma vitória para não deixar a vaga na Libertadores escapar. O Alvinegro encerrou a preparação para enfrentar a Ponte Preta, nesta sexta-feira, em Várzea das Moças. Com cinco desfalques, o técnico Jair Ventura terá bastante trabalho para formar a equipe que entrará em campo, mas reforçou a confiança no grupo.

“Mais uma vez a gente tem que se reinventar. É muito ruim para todos os treinadores. Temos um prédio com 11 pilares. Perdemos 5, vai balançar. Confiamos na força do grupo, nos atletas, mas é complicado. Quando eu estava me reinventado e a bola entrava, ficava mais fácil. O sonho de todo treinador é repetir a equipe. Ir para um jogo decisivo com 5 desfalques não é nada bom”, disse Jair Ventura.

Suspensos, Carli, Leandrinho, Emerson Silva e Fernandes não jogam. Já o lateral Alemão, está no departamento médico por conta de uma torção no tornozelo direito. Apesar de não revelar a escalação, Jair Ventura não descartou surpresas no time. “Estamos estudando opções. O Marcinho é a mais provável. Mas vamos ver. Treinamos variações durante a semana. O Marcinho treinou bem, é um jogador de entrega tática e bom cruzamento. É uma opção”.

Com 55 pontos, o Botafogo ocupa a sexta posição na classificação. O Alvinegro recebe a Ponte Preta, neste sábado, às 20h, na Arena Botafogo.

Fonte: O Dia Online