Apesar de ter saído atrás duas vezes no placar, o empate em 2 a 2 neste domingo, com o Coritiba, no Nilton Santos, não ficou de bom tamanho. Pelo menos para o técnico Jair Ventura, que lembrou as chances desperdiçadas pela sua equipe no terço final do campo, tanto com Roger quanto com Montillo.

– Vitória em casa é obrigação. E mais uma vez paramos no terço final, a bola do Montillo de frente parou no goleiro. Criamos, lutamos, tivemos a chance clara… e acabamos tomando o gol muito cedo, o que prejudicou a gente. Forte equipe do Coritiba, eles vão dar trabalho, principalmente pelo leque de opções no banco – enfatizou o comandante alvinegro durante coletiva no Nilton Santos.

Por conta dos dois pênaltis marcados para o Coritiba – ambos de Carli em Rildo – o comandante alvinegro foi perguntado também sobre a arbitragem do jogo. Contudo, Jair manteve o discurso de não reclamar do juiz depois da partida.

– Deixa eu contar até dez. Por enquanto, estou 10 meses e falava que não ia falar de arbitragem. Mas a quantidade de jogos ultimamente que acontece coisas assim… mas não vou falar de arbitragem, pelo menos por enquanto.

Fonte: Terra