A derrota sofrida diante do Vasco na decisão da Taça Rio não abalou o técnico Jair Ventura. O treinador preferiu destacar a força do Alvinegro, que entrou para disputar a final com uma equipe reserva, e conseguiu ter um desempenho digno.

“Mesmo com tantos meninos, 12 para ser mais preciso, fizemos um grande jogo”, avaliou o comandante.

Na entrevista coletiva, Jair lamentou que tenha sofrido o primeiro gol em lance de bola parada. Ele revelou que esse foi o único fundamento que o grupo treinou na véspera, por causa do cansaço dos jogadores que voltaram de Medellín apenas para disputar o jogo decisivo.

“Só não posso tirar o mérito do Vasco. Eles foram eficientes e mereceram sair com a taça”, completou.

Jair Ventura disse que o Botafogo não vai ter tempo para remoer o resultado negativo e já falou em virar a chave. O treinador viajará com um grupo de jogadores para se juntar aos outros atletas que já estão em Guaiaqui para o confronto desta quinta-feira, diante do Barcelona, pela Copa Libertadores.

Quando voltar do Equador, o Botafogo não terá tempo para descanso porque enfrentará o Flamengo, no domingo, pela semifinal do Campeonato Carioca. Para esse jogo, Bruno Silva aparece entre os desfalques, pois recebeu cartão vermelho por chutar a bola em cima do árbitro após o encerramento da partida deste domingo.

Ainda dúvidas, o volante Airton e o meia Montillo vão ficar no Rio e Jair espera que os dois se recuperem para o confronto com o rubro-negro pelo Campeonato Carioca.

Fonte: ESPN.com.br