A derrota para o Palmeiras já resulta em novas críticas ao Botafogo, que saiu da zona de classificação à Copa Libertadores. Fora do G7 e com quatro desfalques, o time de Jair Ventura não depende apenas das próprias forças para se classificar ao principal torneio do continente. Contra tudo isso, o técnico Jair Ventura até citou problemas, mas não os culpou pela queda técnica da equipe.

– Tudo que o eu falar agora vai parecer desculpa e será redundante. Se eu falar das perdas que tivemos… o Roger, já são 13 jogos sem o meu artilheiro. Se eu falar da qualidade individual do Palmeiras também será redundante. O treinador é pago para criar alternativas quando perde jogadores. E eu não consegui criar alternativas. Então o grande responsável sou eu – afirmou.

As últimas semanas têm sido de mais protestos do que de apoio por parte da torcida. À voz da arquibancada, o treinador garante empenho de todos.

– A torcida é paixão. O sofrimento deles é o nosso sofrimento. É lógico que os profissionais estão de passagem e a torcida é o grande patrimônio do clube. Tudo que fazemos aqui é para dar o melhor para eles. Mas nem sempre o nosso melhor agrada. E ficamos tristes, porque somos pagos para isso – conclui o técnico alvinegro.

Fonte: Terra