Sempre sincero e ponderado nas entrevistas coletivas, o técnico Jair Ventura tratou de dar moral para seus jogadores após a derrota por 1 a 0 para o líder Corinthians, neste domingo, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro. O Glorioso jogou sem quatro titulares e segurou o time da casa por 78 minutos, até sofrer o gol de Jô.

– Nosso time está de parabéns. Mesmo com todos desfalques, os meninos batalharam, lutaram, mas o Corinthians mereceu a vitória. O primeiro tempo foi mais ou menos para as duas equipes, mas no segundo eles vieram muito fortes, foram superiores e mereceram a vitória. Apesar do gol na marra, que bate, rebate, mas são coisas do futebol. Parabéns ao Corinthians pela vitória, agora é virar a chave para a Libertadores que é o nosso maior objetivo no ano – disse Jair.

O treinador alvinegro justificou a decisão de não colocar de início os titulares Emerson Silva (que começou jogando contra o Atlético-MG), Carli, Rodrigo Lindoso, Rodrigo Pimpão e Roger – estes dois últimos entraram no segundo tempo neste domingo, e citou o cansaço devido à maratona de jogos.

– Jogar aqui é sempre difícil, com uma equipe alternativa é mais difícil ainda. Não por não confiar nos que entram, mas pelo entrosamento. Foi um risco que tivemos que correr por conta da nossa prioridade que é o jogo de quinta-feira. Foi uma semana muito difícil, com jogos segunda, quinta e domingo, é quase impraticável para o ser humano. Jogadores estão num cansaço absurdo – afirmou.

Fonte: Redação FogãoNET