A notícia que os torcedores botafoguenses esperam há quatro meses está muito próxima de ser festejada. O goleiro Jefferson, submetido a uma cirurgia no braço esquerdo, está enfim liberado pelos médicos do Alvinegro a retornar aos gramados. Foi o que anunciou ontem o técnico Jair Ventura. Mas ele explicou que ainda falta a última palavra, e ela caberá ao próprio ídolo. O camisa 1 é quem vai decidir a hora de voltar ao time.

— Falta pouco — afirmou o treinador: — Foi uma lesão complicada, grave. Não vamos queimar etapas, vamos esperar. Quando ele estiver pronto, vai voltar. Jefferson é um atleta muito experiente, sabe quando está bem, então vamos no tempo dele. Pela parte médica, já está liberado. Agora é com ele.

Para testar a quantas anda a recuperação do capitão, o clube organizou na quinta-feira um jogo-treino contra o Bangu, na Arena da Ilha — Jefferson jogou os 90 minutos da derrota por 3 a 2.

Por ora, o posto no time segue ocupado por Sidão, que enfrenta o Vitória neste domingo, no Barradão. O goleiro recebeu muitos elogios de Jair Ventura, mas o técnico deixou claro que será difícil mantê-lo quando Jefferson decidir retornar:

— Sidão faz um grande trabalho, mas é muito bem esclarecido, sabe da situação. Entende que Jefferson é um atleta fora da curva, goleiro de seleção. Sabe que a briga é difícil, mas saudável.

Neste sábado, o elenco alvinegro faz em General Severiano seu último treino antes de embarcar para a capital baiana.

Fonte: Extra Online