O técnico Jair Ventura aproveitou a vitória do Botafogo por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no último domingo, para exaltar a força do elenco à sua disposição. Após o duelo válido pela 24ª rodada, o treinador lembrou que a sua equipe encerrou um longo jejum no Mineirão e o fez mesmo sem contar com alguns titulares, como o lateral Luis Ricardo e os meio-campistas Airton e Rodrigo Lindoso.

“Tinha 19 anos que o Botafogo não ganhava aqui. Isso mostra a força do grupo. O treinador sempre tenta ter o grupo mais homogêneo, mas é difícil. Quem entra vem dando conta. Os resultados estão aparecendo por isso. Vários desfalques novamente, contra o Cruzeiro completinho, contra o Fluminense também. O sonho de todo treinador é repetir a equipe, mas quando não é possível tem que ir se adequando. Cabe ao treinador achar a melhor maneira de jogar”, disse.

O triunfo sobre o Cruzeiro deixou o Botafogo distante da zona de rebaixamento, com uma vantagem de oito pontos para o primeiro time dentro do temido grupo, e mais perto do G4, a cinco pontos do quarto colocado Corinthians. Jair Ventura, porém, garante que a luta por uma vaga na próxima Libertadores não é o foco do seu time nesse momento. “Não dá para pensar em G4, mas o torcedor tem todo direito”, afirmou.

Com o resultado positivo, o Botafogo chegou aos 35 pontos, em oitavo lugar no Brasileirão. O time volta a jogar na próxima quarta-feira, às 19h30, quando vai receber o Santos no Luso-Brasileiro, pela 25ª rodada.

Fonte: IstoÉ