Se aproxima a metade da temporada e o Botafogo vai colecionando decisões em seu caminho. Nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, a equipe tem mais um jogo de mata-mata pela frente, contra o Sport, em Recife, no jogo de volta das oitavas de final – na partida de ida o Glorioso venceu por 2 a 1. Em mais um grande desafio, o técnico Jair Ventura destacou a maturidade do time em separar o foco para cada tipo de jogo e citou o lado bom de disputar diferentes campeonatos ao mesmo tempo.

– É correria. Muito grande. Mas que bom, né?! Trabalhamos pra isso. A gente vê times que foram eliminados e sentem falta. Agora com jogo atrás de jogo fico com pouco tempo pra fazer ajustes. Como falei, fico feliz em ver o Botafogo disputando três competições diferentes. Sabemos separar cada campeonato. Espero conquistar mais uma vitória na Copa do Brasil – disse.

Confira outros pontos abordados por Jair Ventura:

DESGASTE

– Eu trabalho muito com a fisiologia, a gente estuda as reais condições dos atletas. Quem estiver com indicadores acusando desgaste vai ser poupado. Então dentro do nosso estudo, que estiver em boas condições, vai pro jogo –

GATITO FERNÁNDEZ É UNANIMIDADE?

– Titular absoluto não existe. Os únicos titulares absolutos são o presidente e a torcida. Eles está em um grande momento, fazendo grandes defesas, mas temos outros profissionais também: Saulo, Helton, Jefferson, todos em condições de representar o Botafogo –

JOGAR NO SACRIFÍCIO

– Entramos um pouco mais que o limite. Costumo dizer que jogamos a 110%. O time vai ganhando mais corpo, mais vida. Temos mais tempo dentro das competições. Queremos fazer o melhor na Copa do Brasil também. Temos esse grande desafio contra essa boa equipe que é o Sport. Vamos atrás da classificação –

RABELLO

– Foi importante a saída dele para o Náutico. Quando emprestamos não estamos perdendo o atleta, estamos ganhando. Ele voltou mais maduro, mais confiante. Ele está brigando pela titularidade assim como os demais: Emerson, Marcelo, Emerson Silva, Carli…estamos bem servido nessa posição –

MONTILLO PERTO DA VOLTA?

– A gente não trabalha com prazo. Não é uma ciência exata, depende da evolução individual de cada atleta. Então até para não gerar expectativa não temos previso. Espero que seja o quanto antes, mas ele ainda está na transição –

CLÁSSICO CONTRA O FLAMENGO

– Depende do fator torcida. Com a situação de 10% para visitantes muda um pouco. Clássico é sempre bom jogar. Mesmo com o Flamengo jogando como mandante, temos que nos impor como um jogo em casa. Onde acontecer a partida vamos procurar a vitória –

Fonte: Site oficial do Botafogo