O equilíbrio do Campeonato Brasileiro é histórico, mas o achatamento da distância entre as equipes mais distantes da classificação para a Copa Libertadores, neste 2018, chama atenção. Diante deste cenário, o volante Jean tem um exemplo para fazer o Botafogo subir na tabela: o Atlético-PR.

– Para você se distanciar, precisa de duas ou três vitórias seguidas. Para mim, o maior exemplo é o Atlético-PR que estava em penúltimo ou último e já estava lá em cima – lembrou.

O Furacão venceu o Fluminense neste domingo, encerrou uma série de três derrotas seguidas na competição, mas já está na 11ª posição após disputar o 25º jogo no torneio. Isso depois de passar praticamente o primeiro turno inteiro na zona de rebaixamento.

– O Campeonato Brasileiro tem essas particularidades. Se o Corinthians não vence ontem (domingo), estaria a três pontos da zona (de rebaixamento) – lembrou Jean, que voltou à equipe após suspensão, sem contar o jogo da Chapecoense contra o Internacional, nesta segunda-feira. E completou:

– Ao mesmo tempo em que sabíamos que, se vencêssemos o América-MG, não mexeria tanto. Mas se a gente vencer o Vitória, com 29 a 29 pontos, já é diferente – finalizou.

Fonte: Terra