O Botafogo perdeu para o Bahia por 1 a 0 no estádio Nilton Santos no último sábado (20) e ligou o alerta para a luta contra a zona de rebaixamento. A derrota foi dura de ser digerida no vestiário do alvinegro. Na zona mista, o volante Jean foi o único do elenco a falar na saída do estádio. Ele negou que esteja faltando empenho do elenco.

– Não acredito, até porque a gente fez uma boa vitória dentro de casa contra o Sport, contra o América-MG também, que estava atrás da gente, o próprio Bahia no jogo da volta da Sul-Americana… São jogos atípicos, que nem nosso preparador físico fala: pontos fora da curva. A gente não tem tempo mais para ter esses pontos fora da curva. Uma coisa é no início de temporada, outra é no final. Agora a gente não tem tempo nenhum, nem aquela gordurinha para queimar. O mais fácil é chegar agora e chutar o balde, mas o mais difícil é o que estamos querendo fazer. Tem que erguer a cabeça, achar força onde a gente teve, ver o que precisa acertar porque faltam oito rodadas.

A torcida vaiou e criticou demais o elenco após a derrota. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Zé Ricardo afirmou que os torcedores estão no seu direito. Jean disse que entende a e que as coisas não deram certo.

– Já fica com gosto ruim em relação à derrota dentro de casa, não é normal a gente perder ponto aqui dentro do Nilton Santos. A gente fica chateado porque você está ali dentro, correndo, dando a vida… Mas quando não acontece, o resultado não é o que espera, e escutar vaia é um pouco pesado. Porém, nós entendemos o torcedor, que vem para ver o espetáculo, acima de tudo uma vitória, que o time tenha vontade, garra… Infelizmente as coisas não deram certo.

O próximo compromisso do Botafogo é contra o Atlético Paranaense no sábado (27), às 22h, na Arena da Baixada, pelo Campeonato Brasileiro.

Fonte: Rádio Tupi