Em meio a sequência no Brasileirão neste mês de junho – dentro de campo – o Botafogo trabalha fora dele para completar o elenco visando a Libertadores. Marcos Vinícius (quase certo) e Luciano são os nomes da vez para se juntar ao elenco alvinegro para a sequência das competições.

E no torneio continental – principal objetivo do Glorioso em 2017 – três atletas poderão ser inscritos nas oitavas de final da competição. Dois já estão certos: o goleiro Jefferson e o lateral Arnaldo, devendo sair Diego e Marcinho da lista de inscritos na Libertadores. E a grande incógnita é o terceiro e último nome.

Se o negócio com Luciano não avançar – Botafogo já fez proposta e aguarda com otimismo a resposta do atleta – a tendência é de que a investida seja por um centroavante para poder revezar com Roger na competição. Contudo, o trabalho é feito com cautela. Foi o que destacou o presidente do clube, Carlos Eduardo Pereira, durante evento na CBF no decorrer da última segunda-feira.

– Na Libertadores temos três vagas. Uma é do Jefferson, outra do Arnaldo, e existe a possibilidade de um terceiro nome que está sendo visto pela comissão técnica. Pode ser (uma contratação), não descartaria, mas o orçamento está bem apertado. Se a gente fizer, será um esforço bastante grande do clube de um modo geral – admitiu o mandatário botafoguense sobre o terceiro nome.

Dentre os jogadores do elenco que não estão inscritos, outro nome também chama a atenção: o de Luis Ricardo. Mas o caso do lateral é compreensível: ele vem de duas cirurgias e iniciou nesta semana o processo oficial de transição para o campo. O Botafogo não trabalha com um prazo para o retorno, com Luis podendo vir a ser opção caso o time alcance as semifinais da Libertadores, quando a Conmebol abre novas possibilidades de inscritos pelos clubes nela.

Fonte: Terra