Jefferson celebra retorno e avisa: ‘Não quero usar minha história para ser titular’

O goleiro Jefferson foi o jogador do Botafogo mais procurado pela imprensa na chegada dos atletas ao Estádio Nilton Santos para o clássico desta quarta-feira contra o Vasco, pelo Campeonato Brasileiro. Relacionado após mais de um ano, ele fica no banco de reserva.

– Estou muito feliz de poder voltar, estar com o grupo novamente. Volto com a experiência de 34 anos, mas como um garoto de 20 anos para poder estar ajudando. Quando vi meu nome na relação, foi como a minha primeira convocação para a Seleção Brasileira – comparou o goleiro.

Ídolo da torcida, Jefferson fez questão de mostrar respeito ao titular Gatito Fernández e garantiu que vai brigar em campo pela posição, sem qualquer tipo de privilégio.

– Fui o primeiro a conversar com o Jair, eu o chamei para dizer que estaria voltando, queria voltar no grupo, mas respeitando o momento do Gatito. Não quero usar meu nome, minha história, para pegar a titularidade. Não há demérito em ficar no banco para um goleiro como o Gatito. É esperar a minha hora – disse.

Fonte: Redação FogãoNET