É comum no Botafogo o técnico Jair Ventura valorizar a importância dos seus jogadores de meio-campo. E até por isso, o comandante alvinegro busca utilizar o termo “médios” para se referir aos jogadores da posição, sendo volante ou não. Segundo João Paulo – que pode atuar na função ou como camisa 10, o que vem acontecendo – essa característica do meio vem do futebol moderno que o Glorioso vem conseguindo desenvolver nessa sequência da temporada atual.

– Vejo nossa equipe jogando um futebol moderno. O Bruno ataca e defende, tem o o Rodrigo (Lindoso), o Matheus (Fernandes)… a gente joga dessa forma. Não só eu – comemorou o autor do gol da vitória contra o Nacional, no Uruguai.

Mas, pelo menos agora, a Libertadores é passado. O foco do Botafogo volta a ser a sequência dentro do Brasileirão. O próximo compromisso da equipe será contra o Atlético-MG, neste domingo, no Nilton Santos. E a prioridade segue em conquistar os três pontos e superar a sequência de duas derrotas no torneio.

– Não é mata-mata, é diferente. Mas sabemos que precisamos voltar a vencer no Brasileiro. A equipe deles quer voltar a vencer também. Acredito que vai ser jogo franco, como foi na Copa do Brasil – completou o armador do Botafogo.

Fonte: Terra