Diante do Sol de América, na última quarta-feira, João Paulo atuou em sua quarta partida consecutiva, mostrando que está perto das condições físicas ideais. Por falar nisso, neste domingo, o meio-campista reencontrará o Vasco, mesmo adversário do dia em que sofreu a lesão mais grave de sua carreira.

No Clássico da Amizade do dia 18 de março, pela Taça Rio, João Paulo sofreu fraturas na tíbia e na fíbula, em dura dividida com Rildo. Desde então, o atleta de 28 anos tenta reencontrar a sua melhor versão em campo.

Já em relação ao jogo deste domingo, pela sétima rodada do Brasileiro, João externou o aumento de confiança do grupo após a goleada aplicada sobre o clube paraguaio e, consequentemente, a vaga às oitavas da Sul-Americana.

– A confiança está lá em cima, sim. Mas respeitamos o Vasco, o seu treinador (Vanderlei Luxemburgo), a história entre os rivais. É um jogo grande, vamos dar o nosso máximo – comentou João, emendando a respeito da boa atuação na última noite, em vitória por 4 a 0:

– Acho que fizemos alguns jogos bons, pela goleada é um ponto que a gente pode analisar como sendo o melhor. Nesse mata-mata a gente não sofreu nenhum gol. Partida boa minha também, como foi a do Bahia, importante estar numa crescente – completou, em entrevista coletiva concedida nesta quinta.

O jogo entre Botafogo e Vasco será realizado às 11h (de Brasília) deste domingo, no Nilton Santos. O Alvinegro está com nove pontos na tabela.

Fonte: Terra