Ex-jogador do Botafogo e suspenso do futebol desde 2015, Jobson ficou ferido em um acidente ocorrido na rodovia TO-080, entre Marianópolis e Divinópolis, no Tocantins, na tarde desta sexta-feira. O veículo em que o atacante estava capotou. Houve uma vítima fatal e mais três feridos, além do próprio atleta.

De acordo com a polícia, foram encontradas várias latas de cerveja e um litro de whisky dentro do veículo, que pertence a Jobson. As autoridades, contudo, não souberam precisar quem estava dirigindo o automóvel no momento do acidente.

Jobson e mais duas vítimas que tinham ferimentos leves foram encaminhadas para um hospital em Divinópolis. A outra pessoa, com ferimento na cabeça, foi levada para o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins.

Jobson está proibido de atuar profissionalmente em âmbito mundial desde 2015, após ter se recusado a fazer o exame antidoping na época em que ainda atuava pelo Al Ittihad, da Arábia Saudita. Sua punição vale até 31 de março de 2018 e seu recurso foi negado pela Corte Arbitral de Esporte em março de 2016, quando tinha esperanças em voltar a vestir a camisa do Botafogo.

O acidente desta sexta-feira não foi a única vez que Jobson envolveu-se em notícias negativas. No ano passado, ele chegou a ser preso preventivamente, acusado de ter estuprado de quatro adolescentes após convidá-las para uma festa e ter oferecido bebidas além de entorpecentes.

Duas das vítimas informaram à polícia que consentiram às relações sexuais com Jobson. No entanto, relataram que estavam sob efeito de bebidas alcoólicas e entorpecentes quando se envolveram com ele. Já nas duas vítimas mais novas, de 12 e 13 anos, foi comprovado conjunção carnal após a realização de exames da perícia. Jobson deixou a cadeia e responde o processo em liberdade.

Fonte: ESPN.com.br