A imprensa internacional repercutiu fortemente durante toda a quarta-feira a notícia do interesse da contratação de Arjen Robben pelo Botafogo. Mas o jornal alemão Bild, um dos principais do país onde Robben brilhou pelo Bayern de Munique, tratou de esfriar as esperanças alvinegras.

Máscaras do FogãoNET para torcedores do FogãoNET durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

Com tom forte, o jornal disse que a chance de Robben retomar a carreira para jogar no Botafogo é “mais do que improvável“. A publicação citou até mesmo a violência no Brasil, a explosão de casos do novo coronavírus e a condução política do presidente Jair Bolsonaro como empecilhos.

“A situação política é complicada sob o controverso presidente Jair Bolsonaro. Jogadores profissionais de futebol e seus familiares costumam viver com medo de roubos e sequestros. E, além do mais, nenhum país do mundo tem tido um crescimento tão grande de casos de coronavírus como o Brasil”, escreveu o jornal.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Ídolo brasileiro do Bayern dá testemunho

Na mesma reportagem, o “Bild” recuperou declarações do ex-atacante brasileiro Élber, que foi ídolo do Bayern de Munique e atuou pelo clube entre 1997 e 2003, ao “Münchner Merkur” e ao portal “TZ”. Ele atualmente mora em Londrina, no Paraná.

– A situação aqui realmente é bastante preocupante. Apesar de muitas pessoas já terem morrido, o comércio deve ser reaberto. Muitas pessoas não sabem o que vão comer amanhã. Isso tudo me deixa muito triste – afirmou Élber.

Nesta quarta-feira, o Ministério da Saúde reportou 615 novas mortes pelo novo coronavírus em 24 horas no Brasil, o maior número desde que a pandemia começou – já são mais de 8.500 óbitos e 125 mil casos confirmados da COVID-19 no país.

Fonte: Redação FogãoNET