Depois de terem assegurado o médio-defensivo Andrei Alba (ex-Chapecoense), os gilistas vão contratar, também em dezembro, o médio-ofensivo Andreazzi que não renovará pelo Botafogo.

Maurício Andreazzi, de 23 anos, foi considerado uma das promessas do futebol brasileiro, facto que levou o Botafogo a contratar o médio, ainda nos escalões de formação do Santo André. Contudo, o jogador nunca se afirmou e acabou emprestado ao Cabofriense (Rio de Janeiro), onde não foi feliz. Uma lesão no joelho esquerdo manteve-o afastado dos relvados, tendo regressado ao Botafogo apenas para tratamento. Na prática, Andreazzi não joga desde 2015 e, com a recuperação quase completa, mas fora dos planos do emblema brasileiro, o jogador foi autorizado a viajar para Barcelos onde tem treinado e deverá assinar na reabertura do mercado que coincide com o fim do vínculo com o Botafogo.

O Gil Vicente tem estado muito ativo no mercado. Na última semana contratou o médio-defensivo Andrei Alba (ex-Chapecoense), que assinará em janeiro por duas épocas. O esquema de recrutamento foi em tudo semelhante; o jogador não estava nos planos da Chapecoense para a próxima época e cumpriu cerca de meio ano em recuperação de uma lesão, tendo ficado disponível para assinar mal terminasse a época no Brasil. Jorge Casquilha deverá ainda contar com mais um reforço no sapatinho: um avançado.

Fonte: O Jogo