Nutrindo relação de amor e ódio com a torcida do Botafogo, o meia Leo Valencia voltou a ganhar espaço na equipe alvinegra desde a chegada do técnico Alberto Valentim. O chileno admitiu que não conseguia ter oportunidades com Eduardo Barroca e agradeceu pela confiança dispensada pelo atual comandante.

– Nunca quis sair do Botafogo. Infelizmente com o Barroca eu não estava nos planos dele, mas continuei trabalhando forte. O Valentim chegou, me conhece, conhece nosso elenco, deu confiança que muitos jogadores precisavam. Estamos ajudando o time, o ajudando também para sair da situação em que estamos. O Valentim está me dando uma confiança muito importante, ele sabe que posso jogar pela ponta ou pelo meio. Fico feliz em ajudar. – disse.

Valencia exaltou o espírito de luta da equipe e o comportamento da torcida na vitória desta segunda-feira sobre o Avaí, que fez o Botafogo deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro faltando seis rodadas para o término.

– Sabíamos que seria um jogo difícil. Uma vitória alivia, estávamos numa situação difícil. Hoje conseguimos ganghar, com o apoio da torcida, que está fazendo sua parte, e temos que fazer a nossa parte dentro de campo também. Estamos numa situação em que cada bola tem que deixar a vida. Tem que botar raça, vontade, para ajudar o time – frisou.

Fonte: Redação FogãoNET