Mais de um mês depois de iniciar seu último jogo com a camisa do Botafogo, Lodeiro está confirmado no time titular para o confronto com o Criciúma, domingo, no Maracanã, pela rodada final do Campeonato Brasileiro. A vitória é imprescindível na busca pela vaga na Taça Libertadores e ele acredita que pode voltar a colaborar.

Lodeiro voltou da seleção do Uruguai e ficou no banco contra o São Paulo e Coritiba. Com a nova chance, ele lembra que recuperou a vaga de titular em seu país e isso pode favorecê-lo no clube nesse momento.

– Quando ia ao Uruguai e não jogava, voltava ao Botafogo e precisava recuperar a confiança. Agora, peguei essa confiança na seleção e pude voltar mais aliviado. Domingo, vou poder demonstrar isso – afirmou Lodeiro.

A situação pela qual passou não o deixou satisfeito, mas não fez com que se revoltasse. Ele procurou entender a decisão do técnico Oswaldo de Oliveira e correu atrás para recuperar a posição.

– Foi uma experiência dura, pois nenhum jogador gosta de sair. Todos querem começar o jogo, mas é do treinador a decisão. Tive que treinar ainda mais e terei essa nova oportunidade – disse Lodeiro.

Para conseguir a vaga na Libertadores, o Botafogo precisa vencer e torcer por um tropeço do Goiás contra o Santos e uma derrota do Atlético-PR para o Vasco. Se ficar em quarto lugar ainda vai secar a Ponte Preta na final da Copa Sul-Americana contra o Lanús, da Argentina.

Fonte: Globoesporte.com