Lucas isenta Zé Roberto de culpa: ‘Faz parte da profissão’

Compartilhe:

Prestes a ser julgado pelo STJD pelo lance que causou fratura no lateral-direito Lucas, o meia Zé Roberto ganhou um conforto nesta quarta-feira. O próprio jogador do Botafogo isentou o colega gremista de culpa no carrinho aplicado pelo camisa 10. De acordo com Lucas, o lance “faz parte da profissão”.

– Infelizmente levei azar no lance com o Zé Roberto, que inclusive, me ligou no mesmo dia que soube da minha fratura preocupado com meu estado. Faz parte da nossa profissão choques mais fortes como esse e acabei não tendo sorte na disputa daquela bola. Agora é focar no tratamento e ficar na torcida pelos meus companheiro – afirmou Lucas por meio da sua assessoria de imprensa.

O lateral do Botafogo também falou sobre a sua recuperação. Segundo ele, o tratamento está evoluindo bem.

– Minha recuperação vem evoluindo muito bem. Tenho ido ao clube diariamente fazer fisioterapia e meu tornozelo já vem apresentando melhoras – disse.

Recentemente, Zé Roberto se manifestou sobre o assunto. Defendeu-se, afirmando que o carrinho foi executado “de lado”, não por trás. Também revelou telefonema a Lucas, que o perdoou:

– Em 21 anos de carreira como profissional (tem 39 anos), jamais lesionei um companheiro. Minhas jogadas sempre foram leais.

O meia será julgado nesta quinta pelo artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), praticar jogada violenta. Se condenado pelo STJD, Zé Roberto pode pegar até seis partidas de suspensão e, com isso, seria desfalque no clássico Gre-Nal.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários