A arbitragem do paulista Raphael Klaus causou revolta nos torcedores do Botafogo. O árbitro deixou de expulsar dois jogadores do Flamengo: Cuéllar e Rafinha. O colombiano cometeu uma entrada violenta em Marcinho na primeira etapa. Foi aplicado apenas o cartão amarelo no lance. Na segunda etapa, Rafinha chegou atrasado e fez falta em cima de Alex Santana. O lateral-direito já tinha amarelo e não levou o segundo. O atacante Luiz Fernando achou que Raphael Claus errou ao não expulsar os adversários.

‘Esse jogo vai virar, eu quero ser o vencedor!’ 🎶
Não perca Atlético-MG x Botafogo nesta quarta-feira!
⬇ ACREDITE NA VIRADA E ASSISTA AO VIVO e DE GRAÇA
Como assistir Atlético-MG x Botafogo ao vivo pela Copa Sul-Americana

“Na minha opinião foram dois lances para expulsão. Primeiro uma pisada do Cuéllar no Marcinho por trás e depois o Alex Santana iria entrar na área na cara do gol e o Rafinha tocou nele. O Raphael Klaus é bom árbitro, mas nesses dois lances deixou a desejar. Não cabe a gente colocar a culpa no árbitro. Sabemos que falhamos em alguns detalhes e vamos procurar melhora isso”.

Além desses lances, o atacante Gabigol, já com cartão amarelo, se irritou após cometer falta em Jonathan, empurrou o lateral, gesticulou na frente da assistente e arrancou a bandeirinha de escanteio. Gabigol já tinha amarelo e nada aconteceu.

Fonte: Rádio Tupi