Desde que voltou ao time titular do Botafogo, na semifinal da Taça Rio, justamente contra o Vasco, o mesmo rival de hoje, Luiz Fernando vem sendo um perigo constante atuando pelo lado direito.

Com o esquema um pouco mais retraído que Alberto Valentim usou no jogo contra o Flamengo, alinhando os cinco jogadores de meio campo na hora de se defender, Luiz Fernando passou a ser a opção mais rápida para a transição ofensiva e é uma ameaça para a defesa adversária nos contra ataques.

Na semifinal da Taça Rio, contra o Vasco, usou da velocidade para bater Fabrício e receber ótimo lançamento de Igor Rabello dentro da área e fazer o gol. Contra o Flamengo, tentou muitas jogadas individuais para cima do lateral-esquerdo improvisado Everton, mas também soube jogar bem sem a bola.

No gol da vitória, se posicionou na área, como atacante, e abriu espaço para Marcinho descer até a linha de fundo e cruzar. Com Luiz Fernando vindo de trás para finalizar, os zagueiros rubro-negros ficaram perdidos, olhando a bola, e não tiveram sucesso na tentativa de abafar o chute do botafoguense, que morreu no fundo das redes de Diego Alves.

Fonte: Extra Online